Carta de 5 de janeiro de 1775, a um médico estrangeiro

As prevenções do público e suas incertezas sobre a natureza de meus meios me determinaram a publicar uma Carta de 5 de janeiro de 1775, a um médico estrangeiro, na qual eu dava uma idéia precisa de minha teoria, dos sucessos que havia obtido até então e daqueles que tinha chance de esperar. Eu anunciava a natureza e a ação do MAGNETISMO ANIMAL e a analogia de suas propriedades com aquelas do imã e da eletricidade.  Eu acrescentava que "todos os corpos eram, assim como o imã, suscetíveis da comunicação desse princípio magnético; que este fluido penetrava tudo; que podia ser acumulado e concentrado como fluido elétrico; que ele continuava a agir com o afastamento; que os corpos animados eram divisíveis em duas classes, da qual uma é suscetível deste magnetismo, e a outra de uma virtude oposta que suprime a ação". Enfim, mostrava a razão das diferentes sensações, e apoiava essas asserções em experiências que me haviam permitido prevê-las.

Franz Anton Mesmer

Nenhum comentário:

Postar um comentário