A AURORA DOS NOVOS DIAS


(Sociedade Espírita de Paris – Médium: Sra. Costel)

Anne Louise Germaine de Staël
Eis-me aqui, eu que não evocais, mas que estou ansiosa para ser útil à Sociedade, cujo objetivo é tão sério quanto o é o vosso. Falarei de política. Não vos assusteis: sei em que limites devo restringir-me.
A situação atual da Europa oferece o mais impressionante aspecto ao observador. Em nenhuma época – não excetuo nem mesmo o fim do último século, que fez tão grande estrago nos preconceitos e abusos que oprimiam o espírito humano – o movimento intelectual se fez sentir mais ousado, mais franco. Digo franco, porque o espírito europeu marcha na verdade.  
 A liberdade não é mais um fantasma sangrento, mas a bela e grande deusa da prosperidade pública. Na própria Alemanha, nesta Alemanha que retratei com tanto amor, o sopro ardente da época destrói os últimos baluartes dos preconceitos. Sede felizes, vós que viveis em tal momento; porém, mais felizes ainda serão os vossos descendentes. Aproxima-se a hora anunciada pelo precursor. Vedes empalidecer o horizonte, mas, como outrora os hebreus, ficareis no limiar da Terra Prometida e não vereis levantar-se o sol radioso dos novos dias.
Staël

Revista Espírita.
Agosto de 1861

2 comentários:

kavera santos disse...

É realmente essa é uma realidade cada vez mas próssima por esse motivo temos que nos apega no mundo espiritual onde encotramos respotas de atuais acontecimento .paz a todos

Anônimo disse...

É verdade que está raiando novos horizontes para a Humanidade, mas em passos lentos! Nós mesmos é que atrazamos a marcha evolutiva do planeta,com nosso egoísmo, ausência de caridade, e, desmedido apego aos bens materiais, impedimos que a obra do Consolador se realizasse no tempo predito.

Postar um comentário