Revista Espírita Histórica e Filosófica nº 16






















Olá, amigo leitor!
Recolhemos mais um artigo do filósofo Humberto Schubert Coelho, agora tratando da relação entre Lammennais e Allan Kardec. Sem dúvida, uma grande contribuição aos estudos espíritas.
Este número também traz mais um instigante relato de Idelberto Colle sobre os fenômenos que serviram de base para o Espiritismo.
André Cascaes, segue trazendo as respostas que lhe enviaram para as questões que apresenta na seção que assina em nossa revista.
Acreditamos que esta número traz valiosa gama de materiais de estudo. Por isso, não deixe de nos enviar suas críticas, sugestões e reflexões sobre nosso trabalho.

Boa leitura!
Maria Carolina Gurgacz

Vida de Allan Kardec ganha versão em quadrinhos


Por Andréia Silva
Os quadrinhos tornaram-se um gênero literário que, cada vez mais, explora novos temas e personagens. Biografias em formato HQ estão em alta no momento, e mais um título se soma à lista: Kardec, de Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa, que como o próprio nome já diz, traz a biografia de Allan Kardec, conhecido como o codificador do espiritismo.
Seu nome é conhecido no mundo inteiro e seu túmulo em Paris, no famoso Père-Lachaise, é tão célebre quanto o de Jim Morrison ou Édith Piaf. Mas quem foi o homem Hippolyte Léon Denizard Rivail e o que o levou a se tornar Allan Kardec? São essas - e outras respostas - que o livro busca esclarecer ao público.
Kardec (Barba Negra) transporta o leitor para a França do século XIX, onde as ideias metafísicas borbulhavam, e acompanha Allan Kardec durante a sua busca por respostas sobre a existência humana.
O livro tem prefácio assinado por Marcel Souto Maior, autor do livro As vidas de Chico Xavier.
O lançamento oficial acontece neste mês, durante a Rio Comicon, que acontece entre os dias 20 e 23 de outubro, no Rio de Janeiro.

Fonte: Saraiva Conteúdo

POLÊMICA ENTRE VÁRIOS ESPÍRITOS - parte 3

 

2147_GeorgeLouisLeClerc_1000

PERGUNTAS DIRIGIDAS A BUFFON A PROPÓSITO DE SUA COMUNICAÇÃO
P. – Agradecemos a espirituosa comunicação que houvestes por bem nos dar. Contudo, há algo que nos surpreende: é que estais a par dos mínimos detalhes da nossa literatura, apreciando obras e autores com notável precisão. Então ainda vos ocupais com o que se passa na Terra, desde que conheceis tudo isso? Ledes, pois, tudo quanto se publica? Tende a bondade de dar uma explicação, que será muito útil à nossa instrução.